De olho na pista pra fazer sua melhor aposta!

0

Nós já comentamos que é possível ganhar dinheiro com corridas de cavalos, afinal, esta é a modalidade de apostas mais lucrativa do mercado, mas para isso é preciso estudar. No capítulo 1 do nosso Guia do Iniciante, demos dicas de como começar e já citamos algumas informações importantes para se avaliar na hora da escolha da aposta. Uma delas é a pista, tema que vamos aprofundar no post de hoje.

Guia_do_Iniciante_4-02

Um erro muito comum pra quem está começando a apostar em corridas de cavalos é observar apenas o animal. Claro, é ele que irá correr e vencerá ou não o páreo. Porém, o tipo de pista, sua distância e condição são fatores importantíssimos pra sua tomada de decisão e deverão ser o primeiro fator a ser observado.

Guia_do_Iniciante_4-03

Guia_do_Iniciante_4-04

A primeira divisão a ser feita com relação ao tipo de pista é sobre o estilo do terreno, se é de areia ou grama. Isso é fundamental de se observar na prova em que irá apostar pois você deverá olhar as performances daqueles cavalos nesta superfície.

Outro ponto é se a pista é com ou sem obstáculos. As provas com saltos são muito comuns no Reino Unido, onde os cavalos tem que ultrapassar grandes barreiras para completar a prova. As disputas sem nenhum obstáculo são denominadas flat, e são focadas na velocidade do cavalo. Já aquelas com obstáculos podem ser divididas em dois tipos:

Guia_do_Iniciante_4-05

Há ainda as corridas conhecidas como Bumper, que não tem obstáculos, porém são de longas distâncias. Este tipo de disputa funciona como uma preparação para as provas Chase e Hurdle por exigirem muita resistência do cavalo. Geralmente, os animais correm em apenas um tipo de prova – com ou sem obstáculo, não é muito comum variar entre elas.

Guia_do_Iniciante_4-08

A distância que será percorrida é um ponto a ser avaliado com atenção. Isso porque elas variam muito – há provas com 1.000m e outras que ultrapassam os 6.000m, e para cada uma se exige um cavalo com um perfil diferente de corrida. Por exemplo: para uma prova curta, quem se dá melhor é o animal com explosão. Já para a longa distância, é necessário um cavalo que tenha mais resistência, que tenha mais técnica.

Digamos que você irá apostar em uma prova de 1 milha (1.600 metros). Dê uma olhada nos participantes e avalie suas cotações pra ver quais tem valores interessantes (aqui te ensinamos como funcionam as odds em corridas de cavalos). Depois de escolher alguns cavalos, você deverá analisar suas últimas performances com base na distância para identificar aqueles que tiveram sucesso neste mesmo percurso de 1.600 metros! Você pode considerar descartar os que não foram tão bem nesta distância.

Guia_do_Iniciante_4-06

Observe como estes cavalos correram distâncias maiores: se um dos cavalos que selecionou participou de uma prova de 1.700 ou 1.800 metros e não venceu, procure assistir a esta disputa. Quem sabe ele não vinha bem até perto da chegada e depois foi ultrapassado? Isso pode indicar que ele pode correr muito bem uma prova um pouco mais curta, como a corrida de 1.600 metros em que você irá apostar.

São estas as análises que deverão ser feitas! É claro que você não terá tempo de assistir a todas as corridas dos cavalos em que irá apostar, mas é importante avaliar os últimos resultados e acompanhar páginas de tipsters que geralmente trazem conteúdo desse tipo, como o blog Suaposta.

Ah, as distâncias são geralmente em Furlongs ou em Milhas nos sites gringos ou até mesmo nas telas das corridas, então convertemos aqui pra você:

Guia_do_Iniciante_4-07

Guia_do_Iniciante_4-10

O estado da pista está ligado à condição climática daquele dia, então você deverá ficar ligado ao que está aparecendo na tela da corrida durante os minutos que antecedem a largada pra identificar qual é a condição da pista no momento e usar isso como vantagem para sua aposta.

Isso porque alguns cavalos correm melhor em pistas secas e outros em pistas molhadas, ou até mesmo encharcadas. No texto sobre as informações da tela, te mostramos como verificar a condição e o que cada termo significa! O mais importante é que você identifique entre os cavalos selecionados quais são aqueles que já se deram melhor em um ou outro tipo de pista. Esta é mais uma informação que você verá em retrospectos e racing forms das corridas, que trazem os históricos completos dos animais, além de blogs especializados. Mas já te adiantamos um comportamento bem comum, de que tipo de pista vai bem com qual estilo de cavalo:

Guia_do_Iniciante_4-09

São estas as informações que você precisa identificar e analisar sobre a pista na hora da aposta, sempre interpretando cada ponto e, mais importante, cruzando com as performances dos cavalos! Se quiser começar a apostar em corridas de cavalos, o Suaposta criou uma promoção especial pra quem está começando: é a Aposta Sem Risco, onde devolvemos seu dinheiro caso a sua primeira aposta no site não seja vencedora. Clique no banner abaixo e venha testar suas estratégias na prática.

faixa-compromisso

 

VEJA TAMBÉM

Share.
Share.

Comentário